Páginas

Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Diálogo franco

segunda-feira, 11 de maio de 2009

É Canja! Canja de Galinha.


Algumas pessoas já devem ter lido a história de minha Tia Cristina, parente de coração. Toda comidinha que ela fez sempre foi algo realmente divina. Cardápios simples, porém inesquecíveis.

Agora que a estação quente está se indo, as sopas são muito bem vindas, porque não faz mal a ninguém. Eu, particularmente, adoro canja de galinha. Depois de comer a que minha tia faz é impossível aceitar similares, no máximo, genéricas.

A sabedoria popular recomenda canja para recarregar o organismo. É um prato rico em proteínas, cálcio, vitaminas do complexo B e carboidratos. Estudos realizados comprovam outro benefício: contribui a recuperação da saúde em caso de gripe, congestão nasal e tosse.


Receita:

2 litros de água
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de azeite
1 tomate grande sem pele e sem sementes, cortado em cubos
1 cebola cortada em pequenos cubos
1 cenoura média cortada em pequenos cubos
1/2 colher (sopa) de cheiro-verde (salsa e cebolinha) bem picado
1/2 xícara de arroz
120 g de galinha em pedaços pequenos (partes ao gosto)

Numa panela grande coloque o azeite, junte a galinha, o tomate, a cebola, o sal e o cheiro-verde.
Cozinhe a galinha até a carne ficar macia. Acrescente o arroz e a cenoura. Misture. Cubra com água. Cozinhe em fogo médio por 35 minutos. Uma dica é desfiar a carne. Serve 5 pratos.

Quanto mais colorida a canja mais saborosa fica. Desejo que apreciem.

(por Sissym)









domingo, 3 de maio de 2009

Quiche de Tomates Secos

Outro dia li um post de minha amiga Berenice Ribeiro, Hora do Recreio, como preparar tomates secos em casa (veja a dica aqui). Ainda não experimentei, mas não vejo a hora porque eu adoro.

E comentei com ela que sei fazer uma quiche que fica deliciosa. Eu sou muito ligado ao visual, gosto de pratos requintados ou ao menos bem arrumados. Procurei na internet alguma foto que parecesse com o que eu faço, mas nada exatamente igual.

Eu não gosto de massa grossa e tão pouco colocar tomates demais, distribuo uniformemente para ficar com uma boa aparência e no momento que cozinha o gosto pega.


Usar forma redonda de aproximadamente 30 cm de diâmetro :

  • 3/4 xícara de chá de margarina (ou)
  • 1/3 de tablete de manteiga (suficiente para ligar a massa)
  • 1 gema (reservar a clara)
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 copo (200 ml) de leite
  • 2 ovos inteiros
  • 1 clara (já reservada)
  • 100 g (aprox) de queijo parmesão ralado
  • 200 g (aprox) de queijo tipo ricotta
  • 200 g (aprox) de tomates secos picados
  • Sal e outros condimentos a gosto
Devo dizer que a quantidade do recheio pode variar com o tamanho e sabor que deseja obter.
  1. Em um recipiente, misture a farinha de trigo com a margarina e o ovo e tempere com o sal a gosto
  2. Misture a massa delicadamente até ficar homogênea
  3. Abra e espalhe a massa na forma e reserve.
  4. No liquidificador junte os ingredientes do recheio e bata.
  5. Coloque no centro da massa já descansada.
  6. Polvilhe com queijo ralado, asse em forno médio (180º graus), pré-aquecido, por cerca de 30 minutos ou até dourar
  7. Dica: a ricota poderá ser trocada por outro de sua preferência, como usar requeijão.